Páginas topo

Cacto Caralluma fimbriata emagrece


Por Catarina Fávero

Sabe aquela vontade incontrolável de beliscar o dia todo que faz qualquer dieta ir por água abaixo? Está com os dias contados! Um cacto indiano, o Caralluma fimbriata, é a nova arma para inibir o apetite e ajudar na tarefa de secar os quilos extras. “A planta, crua ou em conserva, vem sendo usada há séculos na dieta da população daquele país para diminuir o apetite e dar energia”, informa o endocrinologista Filippo Pedrinola, de São Paulo. Por aqui, o princípio ativo do Caralluma é manipulado em farmácias e vendido em cápsulas, mas também pode ser importado em forma de bombom – sempre com prescrição médica. “Para desfrutar de suas propriedades, recomenda-se ingerir de 350 mg a 1 g por dia, antes do café-da-manhã, almoço e jantar”, indica a nutróloga Daniela Hueb, de Bauru (SP). Planta seca barriga Poderoso, o cacto reduz o apetite em cerca de 30%. “Ele possui substâncias que enviam ao cérebro mensagens de saciedade – mesmo que a pessoa não tenha se alimentado”, explica o endocrinologista Tércio Rocha, do Rio de Janeiro. “Estudo realizado na Índia mostrou que, além de inibir a fome, também reduz a circunferência abdominal”, destaca Pedrinola. O Caralluma bloqueia a ação das enzimas citrato liase e malonil coenzima, diminuindo a produção e o estoque de gordura. Apesar de ser natural e sem efeitos colaterais, só deve ser ingerida com indicação médica. “Vale lembrar que qualquer fitoterápico deve ser aliado de uma dieta equilibrada para surtir efeito”, diz Daniela Hueb. O preço médio do pote com cápsulas para um mês é de R$ 110. Doce detona fome Importado da Suíça, o bombom Figure Weight Loss Program Eight tem em sua fórmula o Caralluma fimbriata. Bastam três unidades por dia (30 cal. cada) para sentir a sua eficácia. Só o gosto do chocolate já ajuda a controlar a compulsão por doces! O produto não é vendido no Brasil. A Clínica Tércio Rocha importa sob encomenda para pacientes com prescrição médica. Trinta unidades custam R$ 90 reais.