Páginas topo

Cacto Coroa de Frade


Veja cacto com fruto:
Já o 'coroa-de-frade' (Melocactus macrodiscus) ocorre do México até o Peru e, também, no Brasil. Seu nome foi inspirado no fato de apresentar uma estrutura rosada, formada por pequenas cerdas e minúsculos espinhos, no alto da planta, como se fosse uma coroa. De dentro dessa estrutura é que saem as flores. No Rio de Janeiro, o 'coroa-de-frade' quase não existe mais por causa da destruição dos ambientes onde ele costuma ocorrer, como as restingas.

Fontes de pesquisa: Rev. Ciência Hoje e Suplementos Agrícola e Feminino do Estadão (www.estadao.com.br)
Observação: Segundo José Fraga (Zeca dasPipas) em uma restinga em Macaé o cacto Coroa de Frade ocorre em grande abundância, agradecemos pela informação Senhor José Fraga, muito bom saber que esse cacto não corre risco de extinção, abraço à todos e continuemos preservando.

4 comentários :

  1. JOSE FRAGA (ZECA DAS PIPAS)10 de janeiro de 2010 14:54

    VOCES COM CERTEZA NÃO DEVE SABER QUE EM UMA RESTINGA EM MACAÉ ,RJ EXISTE ESSE MARAVILHOSO CACTO COROA DE FRADE EM ABUNDANCIA.

    ResponderExcluir
  2. Sempre tentei ter um desses comigo, mas sempre apodrecem, apesar dos cuidados. A região de Diamantina-Mg é ambundante nesta maravilha.

    ResponderExcluir
  3. Margareth Rocha Fernandes30 de julho de 2015 17:25

    Gostaria de saber,quantos anos este cacto leva para atingir este tamanho.Deve demorar muito,poi tenho um que comprei a quase dois anos numa feira de flores e ele não mudou nada,apesar dos cuidados.

    ResponderExcluir
  4. Seu crescimento é demorado depende do clima, do solo e da rega. Por ser da caatinga ele exige muito pouca rega e deve ser cultivado a pleno sol em solo árido e arenoso, dentro de casa com certeza ele morrerá por putrefação ou fungos. Na caatinga seu crescimento é demorado também de 10 a 15 anos para alcançar o tamanho adulto.

    ResponderExcluir